Nomeação de Professor Efetivo aprovado em Concurso Público

Nomeação de Professor Efetivo aprovado em Concurso Público

Documentação necessária para abertura de processo para Nomeação de Professor Efetivo aprovado em Concurso Público:

.
Documentações exigidas pela CPPD:
.
1 – Requerimento de Homologação do Concurso com encaminhamento a CPPD (elaborado pelo Gabinete da Direção);

2 – Edital do Concurso publicado no Diário Oficial da União;

3 – Lista de Candidatos Inscritos (geralmente publicada no site de Divisão de Concursos da PR 4);

4 – Comprovante de Pagamento da taxa de inscrição dos candidatos (podem ser cópias autenticadas);

5 – Portaria de composição da Comissão Julgadora do concurso publicada no Boletim UFRJ (não são aceitas aprovações de composição da Comissão Julgadora ad referendum pela Congregação da Unidade);

6 – Portaria publicada no Boletim UFRJ informando os candidatos aprovados no concurso;

7 – Relatório sobre cada uma das provas realizadas sobre a apreciação dos títulos, trabalhos e memorial acompanhado de parecer conclusivo, especificadas as notas atribuídas por cada examinador a cada um dos candidatos;

8 – Tabela com a classificação dos candidatos;

9 – Apreciação e homologação do resultado do concurso pela Congregação da Unidade (não são aceitas aprovações ad referendum);

Documentações exigidas pela PR 4:
.
10 – Cópias autenticadas da Carteira de Identidade e do CPF do candidato convocado;

11 – Curriculum Vitae devidamente documentado;

12 – Declaração de cargos – comprovação de não ser ocupante de cargo efetivo da carreira do magistério, de que trata a Lei nº 7.596/87 Acesse Aqui;

13 – Se servidor de nível superior da administração direta ou indireta da União, dos Estados e dos Municípios, bem como empregados de suas subsidiárias ou controladas, comprovar formalmente a compatibilidade de horários;

14 – Visto permanente no país, no caso de candidato estrangeiro;

15 – Comprovação de quitação com a Justiça Eleitoral (cópia autenticada);

16 – Certificado de Reservista, para candidato masculino;

17 – Inscrição no Órgão Regulamentador da Profissão, se o Edital do concurso exigir;

18 -Declaração de bens;

19 – Cópia autenticada do Diploma de Graduação, devidamente registrado e reconhecido pelo MEC (no casos de cursos de Graduação realizados no Brasil);

20 – Nos casos de títulos obtidos no exterior, é necessária a Cópia autenticada do Diploma de Graduação já revalidado;

21 – Diploma de Mestrado e Doutorado, nos casos de títulos obtidos no exterior, também é necessário que sejam revalidados (não são aceitas declarações ou atas);

22 – Comprovante de residência (conta de luz, água ou telefone).  O comprovante de residência deve ser referente à taxa pública e pode ter o beneficiário como titular ou alguém com que este possua vínculo; por exemplo pais, esposa e marido.

23 – Comprovante de Conta no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal;

24 – Registro no PIS ou PASEP; e

25 – Formulário Padrão do Funcionário, devidamente preenchido Acesse Aqui.